Educação

Conceição Evaristo se dedicou ao campo da educação ao longo de toda a sua vida. Conciliando os estudos com o trabalho de empregada doméstica, ela se formou no curso normal em 1971, aos 25, e dois anos depois se mudou para o Rio de Janeiro a fim de prestar concurso para o magistério. Desde então, não deixou de frequentar a sala de aula – seja fisicamente, como professora da rede pública carioca, seja por meio de sua obra literária, que hoje é estudada tanto no ensino médio quanto na academia.

Graduada em letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestra em literatura brasileira pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ) e doutora em literatura comparada pela Universidade Federal Fluminense (UFF) – com tese sobre as relações entre a produção literária afro-brasileira e a de países africanos de língua portuguesa –, Conceição se aposentou da carreira de docente no início dos anos 1990, mas seguiu atuando como professora convidada em diferentes instituições de ensino superior no Brasil e no exterior.

Seção de vídeo

CONCEIÇÃO ALUNA

Conceição Evaristo visita o Grupo Escolar Barão do Rio Branco, onde fez o primário na época em que vivia na favela do Pindura Saia, em Belo Horizonte.

Compartilhe

Seção de vídeo

CONCEIÇÃO PROFESSORA

Ator e diretor de teatro, Renato Farias fala sobre a figura de Conceição Evaristo como educadora e lê o conto “Rosa Maria Rosa”, do livro Histórias de Leves Enganos e Parecenças (2016). Diretor da Companhia de Teatro Íntimo, ele foi aluno da escritora em curso de pós-graduação em literaturas africanas de língua portuguesa.

Compartilhe

Conceição Evaristo em sala de aula, diante de seus alunos, em desenho feito pelo irmão mais novo da escritora e educadora, Almir Evaristo Vitorino

Compartilhe

Seção de vídeo

CONCEIÇÃO MATÉRIA

A professora Claudia Fabiana de Oliveira Cardoso, da Escola Técnica Ferreira Viana, no Rio de Janeiro, fala sobre como foi introduzir a obra de Conceição Evaristo em sala de aula. Alunas compartilham a experiência do contato com essa produção literária e a identificação trazida pelos poemas e contos da autora.